Facebook Twitter Youtube Linkedin |

Cenário atual do varejo é debatido por CEOs de grandes multinacionais

O Latam Retail Show, maior evento da América Latina voltado ao mercado varejista, debateu na manhã do dia 28 o atual cenário do varejo. O painel contou com as participações de Marcilio Pousada, presidente da RD Raia Drogasil; João Paulo Ferreira, presidente da Natura; Noël Prioux, CEO do Grupo Carrefour Brasil; João Pedro Paro, presidente da Mastercard Brasil e Cone Sul; Germán Valle, CIO da Falabella; e Elaine Gil, diretora global de Big Data B2B do Grupo Telefonica e CEO da Luca Data Driven Decisions.

João Paulo Ferreira, presidente da Natura, acredita que as empresas precisam enriquecer a experiência dos consumidores. “Queremos que eles sejam reconhecidos em qualquer canal de compra, seja on-line, físico ou com nossas consultoras. A experiência de compra deles precisa ser prazerosa”, comenta.

De acordo com Elaine Gil, o setor varejista está passando pela mais rápida transformação de sua história, demandanda por um atendimento 24h por dia, 7 dias por semana, sem falar na maior concorrência, na qual o e-commerce tem grande influência na tomada de decisões, comparação de preços e compra de produtos. “Estamos na era do omnichannel e a inteligência artificial tem ajudado o varejista a tomar as melhores decisões. Por isso, um dos principais desafios atuais do varejo é disponibilizar os indicadores presentes no universo on-line nos pontos físicos”, diz.

Marcilio Pousada, presidente da RD Raia Drogasil, reforçou a importância do omnichannel. Para ele, a tendência do varejo passa por quatro pilares. “As empresas devem se ater ao envelhecimento da população, ao uso dos dados dos clientes para benefício dele, à multicanalidade e à identificação dos clientes com a crença, propósito e valores das empresas”, afirma.

Para João Pedro Paro, presidente da Mastercard Brasil e Cone Sul, o varejo físico precisa ter maior foco na experiência do consumidor. “Nós vamos iniciar uma experiência com alguns varejistas, criando diferentes produtos para diferentes soluções, para que a decisão passe a ser do cliente. A ideia é transformar a experiência do consumidor em algo mais simples e rápido para difundir o crédito”, comenta Paro.

O CEO do Grupo Carrefour Brasil, Noël Prioux, acredita que as empresas precisam aproveitar melhor as novas oportunidades, como, por exemplo, o maior consumo de alimentos fora do lar. “Precisamos ver este fato não como uma ameaça, mas sim como uma oportunidade. Queremos transformar a empresa, e por que não unirmos a venda de alimentos com um restaurante? É uma opção a ser considerada”, analisa.

Germán Valle, CIO da Falabella, reforçou a ideia de fornecer serviços para toda a cadeia, varejista ou não. “Os varejistas precisam continuar a desenvolver plataformas para que possamos fazer a combinação de produtos e serviços, atendendo a todos. Os líderes devem trabalhar em conjunto para quebrar paradigmas que beneficiem o consumidor”, conclui.

Leia a matéria original em: Cosmetic Innovation