Facebook Twitter Youtube Linkedin |

Consumidor 4.0 é tema de palestra no Latam Retail Show

Pelo segundo ano consecutivo, a CiaTécnica, consultoria especializada em processos empresariais com foco na transformação das organizações para inserção na Nova Economia, marca presença no Latam Retail Show, o maior e mais completo evento de varejo e consumo da América Latina que, neste ano, será realizado entre os dias 28 e 30 de agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Com o tema central voltado para “A transformação do Ecossistema de Negócios com Resultados”, o Latam Retail cumpre o papel de abordar e colocar em debate questões e adequações pelas quais as empresas vêm passando nos últimos anos em consequência da mudança de comportamento e do perfil do consumidor, que está cada vez mais exigente e em busca de um atendimento personalizado.

Seguindo esse mesmo tema relacionado a tendências, logo no primeiro dia do evento (28), o CEO da CiaTécnica, João Gubolin, será um dos palestrantes convidados da Arena Mercado & Consumo – Meios digitais e a inovação como vantagem competitiva. O encontro com o CEO será na Face 3 e tem início às 15h40.

Com o tema “Consumidor 4.0: Inovações simples para transformar o varejo”, Gubolin destaca que para manter os negócios saudáveis e rentáveis, as empresas precisam ter uma visão inovadora se quiserem permanecer de forma competitiva no mercado, além de estarem dispostas a investir em processos de ruptura, o que lhes garantirá melhor aproveitamento das oportunidades advindas da API Economy.

“O varejo é um grande ecossistema econômico e um dos poucos que possuem infinitas possibilidades para se reinventar e continuar conquistando novos clientes a cada segundo. Isso se deve ao grande poder que ele – varejo – tem de gerar e melhorar a competitividade entre as empresas que o integram. Parte dessa capacidade de reinvenção também pode ser atribuída aos resultados obtidos por meio da transformação digital, em que o cliente está cada vez mais exigente e conectado”, explica João Gubolin.

Outro ponto que João Gubolin vem destacando por onde passa, seja numa palestra ou em uma reunião de negócios, gira em torno dos sistemas internos das empresas e o ganho que eles apresentam quando associados aos outros tipos de serviços digitais, criando um grande sistema de compartilhamento de funções e informações, que agregam valor aos produtos e serviços e transformam a experiência de compra. É a chamada API Economy que vem revolucionando os negócios.

“A partir desse cruzamento de dados – empresas x serviços digitais – é possível alcançar níveis mais elevados de assertividade no atendimento ao consumidor, aumentando a velocidade das vendas e, consequentemente, os resultados, bem como traçar estratégias baseadas no cruzamento de dados disponíveis que estejam direcionadas o suficiente a ponto de prever a necessidade do cliente antes mesmo que ela exista, resultando numa escala de processos em que as empresas e suas equipes de Produtos, Marketing e Comercial tenham condições para explorar objetivamente o potencial e poder de compra de cada cliente”, explica.

Dessa forma, mediante às evoluções do mercado, das empresas e do próprio perfil do consumidor, Gubolin finaliza com a dica de que “é muito importante aproveitar as novas tecnologias para identificar o que os clientes querem, quem são os principais prospects e como esse público se comportará nos próximos momentos. Somente assim as empresas se posicionar no mercado com maior competitividade e um portfólio diferenciado de produtos e serviços”.

Leia a matéria original em: Portal Eventos